Metal Gear Wiki
Advertisement


Crying Wolf (クライング・ウルフ) era a batedora e atiradora da Unidade Beauty and the Beast. Sua velocidade com uma concha quadrúpede extremamente resistente que utiliza um canhão elétrico constituía a força bruta da unidade. Wolf, junto com os outros membros, sofria de Transtorno de Estresse Pós-Traumático, expressando extrema tristeza na batalha por meio de seu choro eterno.

Biografia[]

Seu Passado[]

A jovem que se tornou a Crying Wolf nasceu na África, no que era uma zona de guerra caótica na época devido à crença na limpeza étnica. Logo o conflito atingiu sua aldeia, com a facção rival massacrando seus pais e irmãos, deixando-a como refugiada. Antes de deixar sua aldeia, ela decidiu levar consigo seu único parente sobrevivente, seu irmão mais novo. Um dia, eles encontraram uma unidade inimiga, forçando-os a se esconder em uma cabana abandonada. Infelizmente para Wolf, seu irmãozinho começou a chorar. Sabendo que morreriam se seus gritos fossem ouvidos pelos soldados, ela envolveu sua boca com a maior força que pôde. Foi só depois que os soldados partiram que ela voltou a si e percebeu que seu irmão não estava mais chorando. Tirando a mão dela, ela viu que ele havia parado de respirar. Wolf havia acidentalmente sufocado seu próprio irmãozinho, seu último parente sobrevivente. Horrorizada, ela viajou pelo meio da batalha carregando seu irmão morto nos braços. Pouco depois, ela começou a ter visões de um lobo caminhando ao lado dela. Todas as noites, ela chorava e uivava como seu irmão fazia.

Por fim, ela chegou a um campo de refugiados administrado pelo governo, ainda segurando o cadáver agora apodrecido de seu irmão. O campo estava lotado de refugiados como ela e crianças pequenas como seu irmão. Os gritos das crianças a atormentavam dia e noite e ela logo imaginou o lobo respondendo a seus gritos de tristeza e observou enquanto ele caminhava ao redor do acampamento para silenciar as crianças para sempre. Ela havia tentado parar o lobo, mas era impotente para fazê-lo. Isso foi, na realidade, uma alucinação criada por sua mente danificada. Não havia lobo, ela mesma estava matando as crianças. Na véspera do ataque inimigo, ela havia matado todas as crianças e ferido os adultos. No entanto, ela nunca conseguiu lidar com a verdade, sempre acreditando que o lobo havia matado as crianças, não ela.

Incidente Guns of the Patriots[]

A menina foi mais tarde recrutada por Liquid Ocelot para a Unidade da Beauty and the Beast, onde recebeu um traje quadrúpede, bem como uma enorme metralhadora que ela poderia usar para destruir qualquer coisa em seu caminho, e recebeu o codinome "Crying Wolf". Enquanto envolta dentro de seu traje, Wolf era quase invencível, apenas se revelando para atirar usando sua arma de ferro. Liquid disse a ela que destruir Solid Snake finalmente silenciaria seus demônios internos.

Em 2014, Crying Wolf e os outros membros do BB Corps lutaram contra milicianos locais no Oriente Médio. Ela parou e derrubou uma das escavadeiras blindadas da milícia inteiramente sozinha enquanto tentavam chegar ao Millennium Park. Wolf e o resto da unidade então mataram todos os soldados que os acompanhavam, antes de partir. Wolf mais tarde encontrou Solid Snake perto das torres de comunicação na Ilha Shadow Moses (a mesma área em que ele duelou com a Sniper Wolf nove anos antes), e foi acompanhada por vários Haven Troopers. Trabalhando contra uma forte nevasca e usando vários veículos e árvores como cobertura, Snake foi capaz de eliminar os soldados Haven e, eventualmente, a própria Crying Wolf.

Depois que Wolf foi derrotada em sua forma de Crying Beauty (algo que a forçou a aceitar o que ela havia feito em seu passado), ela se deitou em posição fetal. Momentos depois, um cão-lobo apareceu e içou seu corpo de costas antes de entrar na nevasca.

Vídeos[]

Advertisement